Bem vindo ao Site do Centro Universitário de Caratinga - UNEC

UNEC em Rede

Acesso rápido:

Notícias

Curso de Medicina da UNEC se destaca como o 3º melhor curso de Minas Gerais

Postado em: 12 de setembro de 2013

3º lugar entre as instituições privadas de Minas Gerais, o curso de Medicina da Unec se destaca como um dos melhores do país, segundo Ranking Universitário Folha

Fevereiro de 2002 foi um ano decisivo para Caratinga e região, com novos ventos soprando sobre suas montanhas e sua gente… Foi, em fevereiro deste ano, que o Centro Universitário de Caratinga instalou o seu curso de Medicina. A partir deste momento Caratinga e região não foram mais as mesmas. A economia mudou. A população flutuante aumentou. O mercado imobiliário se aqueceu. As influências culturais de várias regiões do Brasil se mesclaram em sotaques, gostos e interesses que mexeram de maneira generalizada com a sociedade caratinguense.

E as boas novas em relação ao curso de Medicina da Unec não param… Recentemente, o MEC incluiu-o em uma seleta relação de cursos autorizados a receberem os alunos de Medicina da Unincor, de Belo Horizonte, depois de sua desativação na capital mineira. A notícia significou muitos outros alunos e familiares aportando diretamente junto à economia de Caratinga, fortalecendo ainda mais o município como centro de referência em educação. E agora, a Medicina da UNEC é novamente lembrada nacionalmente, consagrando-se como uma das primeiras de Minas Gerais, compondo a relação das melhores faculdades de Medicina do Brasil, segundo o Ranking Universitário Folha (RUF/2013), divulgado pelo jornal Folha de São Paulo, considerado um dos grandes veículos de comunicação do país, por sua credibilidade e isenção.

No total foram avaliadas 172 instituições públicas e privadas que oferecem o curso de medicina no Brasil. Na relação do total de instituições de Minas Gerais, a Unec aparece em 9º lugar, no entanto, quando se considera, apenas, as instituições privadas do estado, o curso de medicina do Centro Universitário de Caratinga se destaca como o 3º melhor curso de Minas Gerais, atingindo o 2º lugar em relação ao critério de qualificação de seus professores.

O RUF, para ser desenvolvido, envolve exigências criteriosas de avaliação. Entenda: o Ranking Universitário Folha apresenta cinco indicadores que somam 100 pontos ao longo da pesquisa, como Ensino (que tem peso de 32 pontos no estudo) e considera quatro sub-indicadores – a porcentagem de professores da universidade que tem doutorado, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pequisas Educacionais (Inep) do MEC, a quantidade de professores com doutorado e com dedicação integral e a opinião, coletada pelo DataFolha, o instituto de pesquisas oficiais da Folha, num universo de 464 professores universitários cadastrados junto ao Inep-MEC.

Outro ponto avaliado pelo estudo abrange a questão do Mercado de Trabalho, que tem peso de 18 pontos na análise e considera um sub-indicador que tem como base uma pesquisa do DataFolha envolvendo 1.681 profissionais responsáveis pela área de Recursos Humanos das principais empresas de todo o País em trinta carreiras analisadas pelo RUF.

O ranking também leva em conta a Inovação da Instituição de Ensino, tendo como sub-indicador avaliativa o número de pedidos de patentes das universidade no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) entre os anos de 2002 e 2011. Ainda um quarto quesito de avaliação é analisado, a Internacionalização, que tem peso de seis pontos no estudo do RUF, considerando três sub-indicadores: quantidade de publicações internacionais que citam trabalhos de universidades em relação ao número de docentes, a porcentagem de publicações em co-autoria internacional no total de artigos científicos e a quantidade de docentes estrangeiros.

Por fim, o quesito com maior peso no processo de avaliação, 40 pontos, que é o item Pesquisa leva em conta sete sub-indicadores: total de trabalhos científicos, total de citações recebidas, citações recebidas em cada artigo, artigos por pesquisador, quantidade de artigos científicos publicados nas revistas da base “Scielo” e total de recursos captados em agências de fomento.

Para o reitor, professor Antônio Fonseca da Silva é mais um motivo de orgulho, não apenas para o UNEC, mas para Caratinga e toda a região, que definitivamente se posiciona como um importante pólo de conhecimento que exporta profissionais graduados mais capacitados para brilharem no mercado de trabalho de maneira abrangente e eficiente. “Essa conquista é fruto do trabalho do envolvimento de toda a Academia, que busca sempre o melhor para os nossos alunos em eficiência, estrutura e qualidade de ensino”.

 

©2014 - Todos os Direitos Reservados - Centro Universitário de Caratinga - UNEC/MG